ES em Ação e Transparência Capixaba lançam ranking para avaliar as boas práticas de gestão dos municípios

 

A transparência associada a boas práticas de governança e de integridade favorece um ambiente de melhoria contínua, com estímulo das atividades dos órgãos governamentais e da participação ativa da sociedade. Para propagar as boas práticas de gestão e de transparência nos municípios do Estado, o ES em Ação e a Transparência Capixaba lançaram o Ranking Capixaba de Transparência e Governança Pública 2024.

O ES em Ação tem se empenhado em debater a transparência na administração pública, destacou o diretor-presidente do ES em Ação, Nailson Dalla Bernadina. “Estamos, constantemente, buscando criar condições para promover um melhor ambiente de negócios para as empresas, de maneira que os bons exemplos possam ser seguidos para que tenhamos uma sociedade melhor e mais justa”, esclareceu.

O anúncio foi realizado, no dia 13 de março, no IV Fórum Brasil GRC (Governança, Riscos e Compliance), no Hotel Sheraton, para gestores e representantes de instituições públicas de âmbito Federal, Estadual e Municipal de ONGs e do meio acadêmico em geral, e na reunião com a Fecontes (Fórum Estadual de Controle Interno do Espírito Santo), para controladores dos municípios capixabas.

Um dos principais pilares do processo democrático de direito é a transparência, segundo o diretor de Gestão Pública do ES em Ação, Fernando Saliba. “O ranking implica em boas práticas e na maior facilidade de acesso, pelos cidadãos, às informações, ações e serviços públicos municipais. Temos convicção de que a transparência nos serviços públicos reflete diretamente no desenvolvimento do Espírito Santo”, destacou.

Ranking 2024

Realizado pela Ong Transparência Capixaba, com o apoio institucional do ES em Ação e da Transparência Internacional – Brasil, o ranking vai avaliar os 78 municípios do Estado. O objetivo é incentivar as prefeituras a praticar uma gestão pública voltada para a participação cidadã, abertura de dados, transformação digital e combate à corrupção.

O diretora-executiva da Transparência Capixaba, Adila Damiani, destacou a importância do ranking. “Na avaliação, colocamos o olhar da sociedade para coleta de dados. Esse olhar mais atento do controle social faz com que hoje tenhamos um aprimoramento dos portais de transparência, e muitos deles como referência de gestão e também vislumbrar as boas práticas que os municípios vêm fazendo”, frisou.

Nesta edição, a avaliação do ranking será realizada nos meses de maio e junho e dividida em duas fases. A primeira para na coleta de dados para avaliação dos municípios capixabas de acordo com a metodologia e a segunda, na fase de recursos pelos municípios.

Participaram do lançamento, do ES em Ação, o diretor-presidente, Nailson Dalla Bernandina, o diretor de Gestão Pública, Fernando Saliba, o superintendente, Luciano Gollner, e os representantes do Comitê de Gestão Pública, Bruno Pretti Chieppe, Vanessa Tavares, Nelson Chieppe Saldanha e Hélio Pepe; da Transparência Capixana, a diretora-executiva Adila Damiani, e da Amunes, a Christiane Linhalis, secretária-executiva.